Magic card game uma síntese

Magic card game, uma síntese

Magic card game é um modelo de jogo criado por Richard Garfield e produzido pela empresa Wizards of the Cost. É um TCG (trading card game) no qual é colecionável também. O jogo magicc card game consiste em um duelo entre dois planeswalkers que disputam um plano. Cada planeswalker possui um grimório próprio no qual foi editado pelo planeswalker com cartas de sua coleção.

Magic card game: tcg

Magic card game é um TCG também e de acordo com a política da Wizards, toda edição vem com sua própria booster box e nela vem 36 boosters cada um com 1 carta rara/mítica, 3 incomuns e 11 comuns. As cartas vem de forma aleatória para os clientes finais. O objetivo dessa política é fortalecer o trading já que os clientes vão abrir os boosters e terão cartas aleatórias e quase nunca as cartas que ele mesmo precisa e portanto terá que trocar cartas com outro jogador.

Magic card game: Regras

Não há que se falar em magic card game sem falar nas regras desse joguinho maravilhoso. Cada planeswalker tem seu grimório composto por 60 cartas e começando com 20 pontos de vida. Cada carta só pode ter 4 cópias dentro do grimório. Para se chegar a vitória, o jogador tem que zerar a vida do outro, adicionar 10 marcadores de veneno, matar o outro de library death ou jogar um efeito que faz ele ganhar o jogo ou o oponente perder o jogo.

magic card game

Tem também o formato commander que cada jogador tem um grimório com 99 cartas sendo que não pode haver carta repetida. Tem que ter 1 commandante que fica na zona de comando e as cartas do grimório tem que ser ao menos de uma cor que o comandante tenha. Nesse formato, cada jogador começa com 40 pontos de vida. Nesse formato vence também quem infringir 20 pontos de comando no outro player.

Existem alguns tipos de cartas:

  1. Encantamentos: são permanentes quando entram em jogo. Produzem efeitos permanentes e ficam na área de suporte.
  2. Criaturas: São permanentes quando entram em jogo. Servem para bloquear criaturas do oponente e também servem para atacar o oponente. Ficam na zona de combate. Criaturas não podem atacar no mesmo turno que entram em jogo. Criaturas tem poder e resistência. O poder é a quantidade de dano que a criatura causa em combate e a resistência é a quantidade de vida que ela tem. Se algum dano igualar ou superar a resistência, a criatura morre e vai para o cemitério.
  3. Artefatos: São permanentes quando entram em jogo. Possuem efeitos variados e ficam na área de suporte.
  4. Terrenos: Quando jogados, não vão para a pilha e entram em jogo direto. Quando virados adicionam mana de algum tipo a reserva de mana. Ficam na área de suporte.
  5. Mágica instantânea: não ficam em jogo quando jogadas e seus efeitos duram até o final do turno ou são efeitos instantâneos. Após o efeito vão para o cemitério.
  6. Feitiços: Não ficam em jogo quando jogados indo para o cemitério após o efeitos. Tem efeitos diversos.
  7. Planeswalker: São permanentes que auxiliam o jogador. Possuem de 3 a 4 poderes e o jogador só pode utilizar um poder por turno. O planeswalker tem pontos de lealdade e quando zerados, morrem e vão para o cemitério. Quando seu oponente atacar com alguma criatura, ele pode designar que a criatura ataque seu palneswalker mas você poderá usar as suas criaturas para defender ele. Todas vez que você sofrer dano direto de uma fonte do seu oponente (bolt por exemplo), ele pode redirecionar o dano para o planeswalker.

Obs: no magic car game existem efeitos que destroem permanentes e quando isso acontece essas permanentes destruídas são postas no cemitério do dono.

Zonas do magic

  1. Grimório: É o local onde ficam as cartas que você irá “comprar” durante o jogo.
  2. Campo: É onde as permanentes ficam.
  3. Cemitério: É para onde as permanentes destruídas e as não-permanentes vão.
  4. Mão:São as cartas que você atualmente pode jogar pagando seus respectivos custos de Mana, sua “Mão” deve sempre estar oculta para seu adversário (a não ser que uma carta diga o contrário), e você pode ter no máximo 7 cartas na mão (a não ser que uma carta diga o contrário) ao final do seu turno. Você deve descartar (enviar para o cemitério) o excedente de cartas, as cartas que irão para o cemitério dessa maneira ficam a escolha do jogador.
  5. Pilha É uma zona não física, onde as mágicas usadas são “empilhadas” e resolvidas, na ordem de que a última a ser jogada é a primeira a ser resolvida.
  6. Exílio: É como um cemitério, a diferença é que as cartas que são exiladas não poderão ser devolvidas para o jogo (a não ser que uma carta diga o contrário), diferente das cartas no cemitério que apesar de não estarem sendo usadas ainda estão em jogo.
  7. Zona de Comando: No formato Commanderou EDH, essa é a área fora de jogo que fica o seu comandante, até você pagar o seu custo de mana e colocá-lo em jogo.

As cinco cores

No magic card game existe ainda as cores da magia que isso dá um efeito maravilhoso ao jogo. Essas cores são expostas em formato de pentagrama e cada cor tem 2 cores amigas e 2 inimigas. São cinco cores:  branco, azul, preto, vermelho e verde. Já foi citado aqui um artigo sobre as cinco cores do magic. Veja o artigo específico sobre as cores.

magic card game

Branco

A mana Branca retira o seu poder das planícies, cuja teoria segue rigidamente, representa a ordem, proteção, a cura, a luz e a lei. No jogo, a cor branca apresenta-se como o equilíbrio, por possuir muitos recursos, muitos deles encontrados nas outras cores. Pode-se encontrar grandes criaturas e cartas com efeitos de controle, por exemplo. No entanto, esta é a cor típica onde encontra-se cartas de proteção, prevenção e também ganho de vida.

Azul

A mana Azul retira o seu poder das ilhas representa o controle dos elementos da água e do vento, o conhecimento, a ilusão e a astúcia. E a magia do embuste, da enganação, e da trapaça. A mana azul é conhecida como ‘a cor de controle’.

A sua mecânica de controle passa pela permissão e manipulação, ou seja, pela capacidade de permitir ou não as jogadas do adversário. Azul é ainda a cor com mais capacidade de comprar cartas, retornar permanentes em jogo para a mão do seu dono, “millar” (enviar cartas diretamente do baralho para o cemitério) o adversário e tomar controle de permanentes do oponente.

Seu ponto fraco é a dificuldade para lidar com permanentes que já foram jogadas, não tendo forma de as destruir diretamente, podendo no entanto retorná-las a mão do seu dono.

As cartas dessa cor também são conhecidas pela capacidade que possuem de tomar o controle da partida, chegando ao ponto de fazer pressões psicológicas ao oponente. Normalmente, baralhos azuis conseguem apenas chegar ao seu objetivo muitos turnos após o início do jogo, por isso é uma cor de paciência e estratégia.

Preto

A mana Preta retira o seu poder dos pântanos, representa as trevas, a cobiça, a morte e poder a qualquer preço. A cor preta tem a maior seleção de cartas dedicadas à destruição de criaturas do jogo, é também a cor típica de descarte e a capacidade de reutilizar criaturas no cemitério.

O jogador preto não olha a meios para atingir os seus fins, pelo que muitas das suas cartas mais poderosas exigem um sacrifício de vida ou de criaturas por parte do próprio. É uma cor auto-destrutiva que procura apenas destruir o adversário ligeiramente mais depressa que a si mesma. A magia negra é muito poderosa, tendo em um de seus pontos fortes criaturas com a habilidade de “amedrontar”, criaturas tão horrendas, que somente criaturas negras podem confrontar diretamente com elas. Tome muito cuidado ao manipular a magia preta, pois apesar de destruir seus oponentes muito rápido, ela pode destruir igualmente a mão que a manipula.

Vermelho

A mana Vermelha retira o seu poder das montanhas, representa o fogo, a destruição, a impulsividade, a liberdade e o caos. A cor vermelha é a mais rica em dano direto, na destruição de terrenos e artefatos, e em criaturas que tem a habilidade de “ímpeto” e não sofrem o “enjoo de invocação”, podendo atacar no mesmo turno em que são invocadas. O vermelho é a cor mais agressiva por natureza, procura ganhar através da velocidade do seu ataque. A sua capacidade de se defender é como tal praticamente inexistente. E considerada a magia do mago impetuoso, sem pensar sem medir, sem tempo de pena, é como se fosse o fogo queimando e consumindo seu oponente rapidamente a cada turno. A magia vermelha é simples, basta apenas gerar mana e mandar dano direto. Um bom exemplo são magicas vermelhas que usam apenas uma mana para serem conjuradas e em seguida usam “X”, sendo “X” o numero de dano que o mago vai causar em seu oponente, ou seja o mago usa uma mana para conjurar a magia e a quantidade de mana que ele puder, sendo essa quantidade o numero de dano direto ao oponente. É monstruoso.

Verde

A mana Verde retira o seu poder das florestas, representa a natureza, a vida, o crescimento e a força bruta. Entre as cartas verdes encontram-se a maioria dos aceleradores de mana, assim como conectores para criar mana de outras cores, criaturas com grande poder e a habilidade de deixar suas criaturas mais fortes. Geralmente, a magia verde é usada por magos, que visa o poder da força que cresce a cada instante. O deck verde é considerado também como o deck dos “esmaga crânios”, criaturas monstruosas e gigantescas, que crescem a cada turno. Com extrema habilidade, o mago verde faz com que suas pequenas criaturas se tornem verdadeiros gigantes, uma magia um pouco lenta no começo, mas que se torna forte a medida em que a batalha se desenvolve. Força bruta é a base desse deck. Esmague seus oponentes como se fossem nada.

Existem 3 tipos de decks no magic card game

Deck agroo: Deck voltado a dano rápido no oponente e visa acabar com a partida o mais rápido possível. Esse tipo de deck tenta não deixar o oponente respirar até porque quanto mais turnos dá para o oponente pior para o agroo.

Deck controle: Esse tipo de deck visa controlar a partida fazendo com que o oponente fique limitado. Normalmente são decks UW ou UB control. Esses decks demoram a matar até porque visam controlar primeiro antes de matar.

Deck combo: Esse deck não é agroo e nem controle e simplesmente tenta segurar o jogo como pode até fechar o combo e vencer a partida.

Cartas banidas e restritas

No magic existem cartas banidas e restritas e são listas atualizadas pela Wizards constantemente. Verifique aqui o formato e a carta: Click aqui.

Formatos do magic torneios

Existem vários formatos para se jogar um torneio de magic the gathering. De acordo com o formato, o jogador tem limitações na hora de editar seu grimório. Cada formato tem sua própria lista de banidas e restritas já citado aqui.

Temos o formato construído no qual o jogador monta seu deck em casa e já vem com ele pronto. Esse tipo de formato, o jogador já conhece seu deck e já sabe das possibilidades de deck que vai enfrentar pelo cominho.

magic card game
Pro tour
  1. Standard (ou Padrão ou ainda T2, antigo Tipo 2):São permitidos os dois últimos blocos e a última edição básica lançada do magic card game.
  2. Block Constructed (ou Construído em bloco): São permitidas somente cartas de um bloco, ou seja, sua coleção principal e as duas coleções menores. Os torneios desse tipo, em geral, são realizados apenas no lançamento do bloco.Extended (ou Estendido): São permitidas todas as edições básicas e expansões dos últimos 4 anos. Esse formato foi descontinuado.
  3. Modern (ou moderno):São permitidas todas as expansões a partir da oitava edição do magic card game e há uma lista própria de cartas banidas
  4. Vintage:O mais velho de todos os formatos, também conhecido como Tipo 1. São permitidas todas as expansões e edições válidas em torneios, exceção feita a uma lista de cartas banidas, cartas de apostas (“ante cards”), cartas que exigem destreza manual (Chaos Orb, Falling Star), algumas cartas promocionais e cartas de decks de campeões. Além desta lista de cartas banidas, há uma lista de cartas restritas (você pode usar apenas uma em seu deck), que são consideradas muito fortes e que poderiam deixar o ambiente com 2 ou 3 decks, muitas dessas são bastante conhecidas e as melhores são chamadas de P9 (Power Nine).
  5. Legacy (ou legado):São permitidas todas as expansões ditas anteriormente no formato Vintage, com uma lista de cartas banidas, e sem cartas restritas. Até 20 de Setembro de 2004, todas as cartas restritas em Vintage eram banidas em Legacy. Atualmente há uma lista de banimentos propria (por exemplo Mox do Cromo é restrita no Vintage mas não banida no Legacy).
  6. Pauper: Nesse formato só vale carta comum de todas as edições do magic card game. Vale lembrar que se uma carta era incomum e foi reprintada como comum, ela passa a valer nesse formato.
  7. Silver Black standard: Nesse formato só vale as comuns e incomuns dos últimos dois blocos.

Tem o formato limitado no qual o jogador monta o deck na hora do evento e cria o deck com cartas aleatórias. Nesse tipo de torneio, o jogador pode trazer de casa terrenos básicos para compor o deck.

  • Booster Draft:Oito jogadores sentam-se em uma mesa, onde cada um abre um booster, escolhe uma carta, e passa o restante para o jogador do lado, até todos pegarem 15 cartas. Depois, repete-se o movimento com outros dois boosters. Então, os jogadores montam um deck com as 45 cartas obtidas.
  • Rochester Draft:Dessa vez, oito jogadores sentam-se em uma mesa, onde um booster é aberto e colocado à frente de todos na mesa. Cada jogador até o oitavo então escolhe uma carta, quando o oitavo pega uma segunda carta, e o processo volta até o segundo jogador. O processo é repetido 23 vezes, quando então os jogadores montam um deck com as 45 cartas obtidas.
  • Sealed Deck:O mais simples de todos formatos Limited, cada jogador recebe um deck e dois boosters de uma mesma ou diferentes coleções e monta um deck com as 105 cartas obtidas.

Quero agradecer a Wikipédia por fornecer conteúdo para eu produzir meu artigo no meu blog.


Inscreva seu email e receba notícias
Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *